Histórias

Jarbas Junior

Professor

“Comecei a trabalhar no Projeto Fred em 1998. Fui convidado pra desenvolver um trabalho de professor, educador e coreógrafo de dança de rua. Só que, quando cheguei, vi que o trabalho era muito além da dança. Era um trabalho de ressocialização, de resgate social.

Hoje eu fico orgulhoso. Muitos jovens que passaram por minhas mãos estão bem, com profissões. Têm professores de Educação Física, Advogados, Enfermeiros, Fotógrafos e muito mais. Existem, também, os jovens que se formaram no Projeto Fred e hoje são multiplicadores do trabalho, tornando-se professores de dança. Dão aulas em academias, escolas e trabalham em projetos sociais. Isso é muito gratificante.

A oficina de dança é um trabalho de resgate. Da autoestima, de resgate das ruas, das coisas erradas, da violência e das drogas. A gente insere o pessoal na sociedade, na comunidade onde vive. A gente ensina a respeitar pai e mãe, professores, o próximo e o limite do corpo dele.

Eu só peço a Deus que me dê forças para continuar levando esse trabalho pra frente.”

Outras histórias

Eliane Lourdes Gonçalves

Felipe David

Maria Eduarda

Cristiano Pereira